domingo, 9 de agosto de 2015

I'm a puzzle





I'm a puzzle.
Diante do espelho, em mil pedaços e estilhaços,
cinquenta personagens integrados em mim.
 
I'm a puzzle.
Diante da janela, sob a luz amarela,
fragmentos de muitas memórias de fugas e fins.
 
I'm a puzzle.
Recortes de amores e desejos aflitos,
paixões inconstantes que naufraguei aqui.
 
I'm a puzzle.
Monto o quebra-cabeça da minha vida
debaixo de insultos e apedrejamento.
 
Mea culpa, mea culpa!
Assumo tudo,
reconheço cada passo,
assino em baixo dos meus atos,
mas não me arrependo,
e nem me desculpo.
 
I'm a puzzle.
Sou humana, sou divina,
sombra e luz equilibradas,
exploradas,
vivenciadas,
confrontadas,
amadas e odiadas
no vai e vem da minha estrada.
 
I'm a puzzle.
Pronta a ser reinventada,
recriada,
decifrada,
aperfeiçoada,
amada e odiada
em nome dos contrastes 
 que acumulei em mim.


Tamara Ramos
agosto/15 

0 comentários: