domingo, 16 de agosto de 2015

Hoje eu sonhei com o mar...




Hoje eu sonhei com o mar. Uma terra distante, um sol queimante, uma brisa sorrateira invadindo meu pensar. Milhares de flores exalando um perfume oriental. Descalça, pisando a areia branca, revi alguns conceitos e me espelhei no ar. Fui passeando pela costa, caminhando sem pesar, me despindo aos poucos. Um sinal de Deus se manifestou dentro do sonho. Uma mensagem sem palavras, uma forma inexata de intuição. Uma montanha alta abriu-se ao meio revelando luz e amor. Uma chama amarela soltou faíscas em minha direção e tudo se aclarou. Toda a ansiedade se desfez e acordei com vontade de amar mais a mim mesma. Um rito de beleza, uma esfoliação corporal, um creme novo pros cabelos, um esmalte vermelho, uma lingerie sedutora. Meu intelecto se apagou por um momento e o desejo de ser mais mulher tornou-se subitamente importante. Acho que visitei a ilha de Afrodite essa noite, sendo recebida como hóspede de honra. Um homem bonito lavou os meus pés. Crianças louras enfeitaram de flores meus cabelos úmidos. Uma autora desconhecida autografou um papel abstrato fazendo referências a um livro que ainda não escrevi. Acordei com uma sensação de alívio e decidi caminhar a pé. Uma conexão íntima se firmou entre o sonho e eu. Tomei um banho mais longo, me vesti inteira de branco e acendi velas perfumadas com odor de jasmim. Acho que algo se modificou permanentemente em mim, e um novo recomeço já se iniciou.  
 
Um sonho transformado em poema/  by Tamara Ramos -  Agosto/15

0 comentários: