terça-feira, 12 de maio de 2015

Sinopse



Uma escritora que não consegue pagar as contas com a literatura, um ator de teatro engajado e um filósofo clínico que ensina estética numa sala emprestada pela Universidade, encontram-se neste romance breve e reflexivo sobre a identidade humana.
 
Ambientado na estação do Outono, a obra leva o leitor a questionar sua significância num mundo repleto de imagens forjadas.
 
A abstinência literária e o uso imoderado das palavras apresentam-se, paradoxalmente, como duas possibilidades eficazes no tratamento de sonhadores crônicos.
 
A arte Renascentista, a música vienense e a literatura europeia amenizam a dor dos personagens e ajudam a trazer de volta todas as cores que, subitamente, parecem lhes ter escapado.
 
Tamara Ramos mescla arte literária, ensaio e filosofia numa narrativa poética intrincada, influenciada pela estilística dos autores húngaros, tchecos e austríacos, como Peter Handke e Dezsó Kosztolányi.

0 comentários: