domingo, 3 de maio de 2015

#escritosdeoutono

"Escritos de Outono" será lançado na segunda semana de maio, mas eu simplesmente não consigo botar um ponto final definitivo nele. Revisar essa obra é como estar em contato diário com meus piores pesadelos em plena luz do dia, sem ter ninguém para me socorrer ou consolar. Trazer à público meus medos, frustrações, fracassos pessoais e ansiedade não foi uma escolha fácil de se fazer, mas acho que algumas histórias devem ser contadas e compartilhadas, principalmente, quando há algo de extremamente honesto e humano nelas.  
 
E como diz um dos trechos do livro:
 
 
"(...) quem pode condenar uma história real sob os parâmetros das regras linguísticas? Quem pode chamar de literatura os desabafos de um diário? Quem pode condenar qualquer escritor por tentar colocar em ordem não cronológica seus desafios humanos?"    
 
 

"Escritos" está também marcado pelo estudo que venho fazendo da literatura austríaca, tcheca e húngara desde que morei na Europa, em 2011. Autores como Peter Handke, Milan Kundera, Antal Szerb, Kostolányi e Krúdy, são influências fortes nessa obra atual, trazendo um tempero filosófico à narrativa. "Escritos de Outono" apresenta um texto enxuto, repleto de frases curtas - como é característica dos meus outros livros e estilo pessoal - mas, sinto que aqui meu pensamento foi atingido pelas impressões que recebi desses autores, que acabaram conquistando um confortável (e respeitável) espaço na minha mesa de cabeceira.
 
"Escritos" é uma obra intimista, escrita durante dois Outonos (2014/2015), onde a ficção e a realidade se misturam tanto que é impossível saber se estamos em contato com um fato real ou um devaneio puramente artístico. Outra característica do livro é o baixo grau da temperatura. O frio tornou-se um personagem vivo do livro, cuja ausência inviabilizaria a experiência da obra.
 
A versão em e-book de "Escritos de Outono" está prevista para a segunda semana de Maio/15, e a tiragem impressa, com edição limitada, sairá no início de Junho.     
  
 
 

0 comentários: