sábado, 25 de outubro de 2014

Cabeça de artista
















As pessoas se esquecem que a vida é breve e que não nascemos para levar uma existência medíocre e cheia de limitações. Talvez seja essa a principal diferença entre o artista e o resto do mundo: ele transforma a sua realidade e inventa um novo planeta onde possa viver com o máximo de realização e fidelidade à sua essência íntima. O artista não tem medo de pagar o preço pela sua liberdade. Mesmo atormentado por demônios pessoais internos, e talvez até mesmo por isso, o artista entrega-se à sua arte sem medo da crítica ou da desaprovação. E no final, a sociedade toda acaba de pé o aplaudindo, porque a coragem do artista provoca em todos nós um desejo inconsciente de superação. 
 
Trecho do livro "Cabeça de Artista",
de Tamara Ramos 

0 comentários: