segunda-feira, 27 de agosto de 2012

TUDO SOBRE MULHERES QUE SABEM O QUE QUEREM



"Estudo as mulheres que me inspiram e percebo que não é apenas a beleza que fazem delas popular. Na verdade, o que atrai é a personalidade camaleônica: elas são doces e inocentes por um momento, mas podem tornar-se uma bad girl de um minuto para o outro. É isso que eu amo! São as femmes fatales dos anos 50, cheias das contradições que todo homem adora."
Dita Von Teese     



Se você for a qualquer livraria vai encontrar um arsenal de livros de autoajuda com a pretensão de te ensinar como ser tudo aquilo que estiver procurando: como ser feminina, como ser casada, como ser solteira, como ser sexy, como ser poderosa, como ser mãe, como ser profissional, etc...  Pois acredite em mim: é tudo um bando de besteira!

Nenhum livro vai ensiná-la a ser o que você já é. O que te falte talvez seja a coragem para assumir deliberadamente a força de sua personalidade. E é sobre isso que vamos falar aqui.

Conheço pouquíssimas mulheres que admiro de verdade. A maioria delas mora em Hollywood e algumas delas já não podem ser contatadas. Na vida real o que mais vejo por aí são mulheres pouco atraentes pelo fato de não assumirem uma postura mais original. Vejo mulheres aceitando coisas que não lhes agradam por medo da rejeição. Mulheres que trabalham em coisas que não gostam e nem as satisfazem, mulheres casadas com homens que não as respeitam, mulheres cansadas de atuar como mães em tempo integral, frustradas, mal tratadas, desinteressantes e resignadas.

Converso com muitas mulheres e conto nos dedos de uma só mão as que apresentam um brilho diferente, proveniente de um legítimo amor e admiração por si mesmas. 

Ser sexy vai muito além de possuir um corpo bonito, uma cabelo bem tratado e uma coleção de bolsas e sapatos Dior. Ser sexy é saber batalhar pelo que se quer, é não ter medo de revelar em alto e bom som o tamanho dos seus sonhos. Ser sexy é saber que vivemos num mundo globalizado onde milhares de possibilidades estão à nossa disposição. Ser sexy é ter objetivos, é se dedicar àquilo que ama, é mostrar por dentro e por fora sua originalidade única (como diria minha amiga Cláudia). 

Ontem estava assistindo ao musical EVITA (Madonna) e parei para refletir sobre o poder de uma personalidade autêntica. Eva Perón chegou no topo do mundo porque esse era o seu foco. A própria Madonna não virou rainha à toa. Ela é a maior artista do mundo porque soube fazer suas escolhas de forma bem consciente. Nao hesitou em assumir suas contradições, seus anseios, desejos e medos. E mostrou tudo em público, abriu espaço para discussão, inspirou pessoas.

Ser sexy é aprender com os erros do passado e parar de repeti-los. É sair do círculo vicioso que tende a perpetuar a infelicidade pessoal. É saber dizer NÃO quando a situação faz disso algo necessário. 

Quando você sabe onde quer chegar e acredita na eficácia de seu próprio caminho, você segue em frente.  

Ser sexy é ter liberdade de expressão, é fazer o que gosta e seguir seus instintos mesmo quando tudo se coloca contra você. E tem mais, uma mulher para assumir seu poder total, não pode ter medo de revelar sua personalidade ambiciosa para os homens de sua vida.

Ah! Aí está o calcanhar de aquiles das mulheres, não? Parece bobagem, mas nós estamos sempre atraindo um determinado tipo de relacionamento. Hoje compreendo que, a menos que você esteja pronta e no controle de sua vida, a pessoa "certa" não vai aparecer. Um homem para assumir uma relação com uma mulher poderosa tem que ser poderoso também, simples assim. 

O "candidato" (rs) deve estar bem resolvido em sua vida pessoal, não pode ser inseguro e deve ser o maior incentivador dos seus projetos. Qualquer atitude que demonstre futuros problemas devem servir de sinal sobre o que está por vir.

Detesto os rótulos feminista, machista, etc. Penso que uma mulher completa é feminina sem ser feminista. Pode apoiar os homens sem ser machista, e por aí vai. O mais importante é saber o que quer e desenvolver a coragem para lutar pela realização de seus planos. Mas dá para fazer isso usando batom vermelho,  salto alto, perfume francês e sendo fã de Dita Von Teese!

Mulheres poderosas destacam-se por sua complexidade, beleza e coragem para viver com todo o glamour nas decisões mais práticas de seu dia a dia. Voilá!

1 comentários:

patricia disse...

Falou e disse!!! bj