terça-feira, 1 de maio de 2012

NASCIDOS EM 2007




A Luiza (a linda menina do vídeo acima) é filha de uma amiga querida de SP. Déborah (mãe da Luiza)   e  eu somos da época do videocassete, do disquete, da fita cassete (onde gravávamos nossas músicas românticas direto do LP!), do telefone celular que parecia um tijolo, das cartas postadas pelo correio (não havia nem e–mail e nem MSN) e dos videoclipes sem grandes efeitos visuais.

Naquela época não tínhamos lá muita tecnologia. Lembro que o cd chegou primeiro na casa dela do que na minha, mas havia pouca opção. Mesmo assim, tivemos uma adolescência fantástica porque andávamos em turma, líamos Shakespeare (aliás, líamos de tudo), éramos loucas por cinema e vivíamos apaixonadas por meninos reais (não virtuais como hoje).

Déborah e eu descobrimos a vida adulta juntas na metrópole de São Paulo, mas naquela época havia um pouco mais de segurança e sobrevivemos a tudo sem grandes traumas. Agora assistindo a Luiza quebrando a cabeça para entender o que significa aqueles objetos que eram o auge de nossa tecnologia, paro para pensar na velocidade do tempo.

Tudo o que era importantíssimo ontem, já não é nem mesmo identificado pelas novas gerações. A brincadeira de Luiza é a prova de que tudo passa depressa! O que fica mesmo são as lembranças que tenho da Déborah e de tantas outras pessoas que compartilharam histórias comigo na juventude.

Os filhos da Luiza também irão ter dificuldades para compreender o que é um Ipod, uma máquina digital modelo 2012, o cd e o DVD ( se bobear até mesmo o BlueRay será logo substituído), mas com certeza as crianças da Luiza irão se lembrar dos amigos de infância e dos momentos de felicidade máxima que viveram ao lado da família e da comunidade que as criou. E é isso o que importa.

Parabéns vovô Nagib Anderaos pela ideia de filmar a Luiza com nossos “brinquedos” antigos! Já não possuo mais nenhuma destas peças mostradas pela Luiza, mas ainda me lembro de nossas conversas na sala sobre filosofia, Logosofia, cultura e música. Obrigada por fazerem parte de minha história!

0 comentários: