quarta-feira, 30 de maio de 2012

ADEUS AO VÍTOR




"Se quiseres poder suportar a vida, fica pronto para aceitar a morte."
Sigmund Freud


A foto acima tirada há 4 anos, não está mais completa. Hoje de manhã perdemos nosso amigo Vítor (em pé na ponta direita de camisa azul), que apesar da distância e dos desencontros, também fez parte desta família.

 
Olhando esta foto penso na raridade deste momento. Quanto mais o tempo passa, mais difícil fica ver a família toda assim reunida celebrando um momento feliz. Nesta foto estávamos comemorando juntos a virada do ano de 2008 para 2009 cheios de expectativas e anseios. Vítor namorava minha prima Michele (fileira de baixo de blusa branca) e foi recebido de braços abertos pelo nosso clã. Aliás, este clã sempre recebeu de braços abertos todos os forasteiros, estrangeiros, agregados, amigos e parentes distantes, e esta característica familiar é motivo de orgulho para mim.

Vítor era engenheiro da Embraer, e no momento do acidente, a empresa colocou todos os recursos disponíveis para sua salvação à disposição. Mas a vida fica fora de controle quando a morte acena no horizonte. E nem todos os aviões do mundo poderiam impedir a partida do Vítor.

Este desencontro fatal fez-me pensar na minha própria vida e nos meus desencontros pessoais. Michele e Vítor estavam separados há alguns meses porque ele não conseguia dar o devido valor à mulher que tinha ao seu lado. Ela insistiu, sofreu, lutou, fez tudo o que podia até que uma hora cansou. E apenas no momento da despedida ele voltou a si e viu o erro que havia cometido. Vítor tentou trazer Michele de volta, mas não teve sucesso. Michele havia desistido dele de vez. Mas quando a notícia do acidente chegou à sua porta ela pôde perceber o tamanho do desencontro e a dor verdadeira causada apenas pelo adeus eterno. Michele e Vítor nunca mais poderão se entender. E eu lamento profundamente pelo desfecho trágico desta história.

Hoje de manhã perdemos também nosso querido primo Luis. Ele também já estava impotente diante da doença nefasta que levou sua fala, seus movimentos, sua alegria e seu talento para ser feliz. Deixou esposa,  três filhos, e uma família inteira que não se esquecerá dele.

Vamos agradecer por nosso dia de hoje e pela oportunidade de estarmos vivos. Tudo isso pode, simplesmente, acabar amanhã.

E por favor, resolvam seus problemas pessoais e se entendendam com as pessoam que amam. Pode ser a última chance que a vida dará a vocês.

0 comentários: