segunda-feira, 23 de abril de 2012

NOVO ÁLBUM DE MADONNA INDICA RETROCESSO ESPIRITUAL



Sou fã  da Madonna desde os meus dez anos de idade. Simplesmente a adoro. Madonna é inteligente, bonita, antenada, mestra em superar a  si mesma, perfeccionista ao extremo, enfim, a melhor e mais completa artista do mundo.  Mas confesso que este novo álbum MDNA me assustou. Afinal, o que  está acontecendo com a Madonna?

Nós temos a mania de endeusar celebridades colocando-as numa posição de quem acerta sempre. Estamos sempre justificando as atitudes dos artistas que nos agradam e temos dificuldade em mergulhar um pouco mais fundo na mensagem que eles estão espalhando pelo mundo. Mas a Madonna  me obrigou  a mergulhar desta vez, e o que encontrei lá no fundo pouco me agradou.

Após a maternidade a vida de Madonna passou por uma reviravolta impressionante. Com a ajuda da Cabala ela se reinventou de uma forma mais positiva  e até então estava  fazendo diferença no mundo por meio de bons exemplos provenientes de sua  espiritualidade. O  estudo da Cabala é muito sério e a  transformação que causou nela irradiou na sua obra com letras e músicas mais positivas que estavam colaborando com a paz mundial e incentivando autoaprimoramento pessoal de todos que a rodeavam.

Mas MDNA parece que veio para encerrar esta fase. O videoclip Girl Gone Wild é praticamente um manifesto visual  contra todos os ensinamentos  cabalísticos que vem aprendendo nos últimos anos. Lembrem-se que a imagem  vale mais do que  uma centena de palavras. E as imagens deste clipe mostra uma Madonna que retrocedeu ou que desaprendeu os segredos da árvore da vida ( I know, I know, I know, I should'n  act this way, good girls don't misbehave, but i'm a bad girl anyway, Forgive me... Letra de Girl Gone Wild).

Gang Bang é outra música agressiva que parece ter sido dedicada ao ex-marido Guy Richie. Aliás, segundo a Revista Veja há nada menos do que sete músicas no álbum cheias de rancor pelo ex-marido. Parece que Madonna não está conseguindo perdoar as pessoas da forma que a Cabala ensina...

Outro detalhe  que estranhei foi a voz de Madonna. Ouvi atentamente todas as faixas e mal a reconheci.  Madonna está com uma voz infantil, ruim mesmo, o que baixou o nível musical de seu  novo disco. 

Aliás, o nome das músicas já estão carregadas de raiva e  atitudes agressivas: I don't give a fuck, I'm a sinner, I'm addicted, etc. Na tradução seria algo como:  Eu não dou a mínima, Eu sou uma pecadora, Eu sou uma viciada. Acho que Madonna  esqueceu que a frase EU SOU é a mais poderosa do universo. Tudo o que vem  depois desta frase determina o que você manifestará na sua vida e define de fato quem você é.

Por sinal MDNA significa algo como o DNA de Madonna, ou seja, parece que seu ego e seus impulsos para o submundo venceram e seu desajuste emocional está entranhado nos seus gens.


Olho para trás e me pergunto: cadê aquela Madonna adulta de Ray of Light, Confessions, American Life e até mesmo Hard Candy? O que vi neste cd novo foi uma volta a Madonna Erotica, mas muito inferior.

Quem estuda os preceitos  espirituais sabe que toda  ação gera uma reação, é a famosa e imutável Lei de Causa e  Efeito. Será que o descompasso de Madonna foi o responsável pela queda absurda de vendas  de  seu novo álbum? Segundo o site da Globo.com:  "Na primeira semana, "MDNA" teve 359 mil cópias vendidas, mas o novo CD de Madonna sofreu queda de 88% nas vendas, indo para 46 mil CDs comercializados na segunda semana. De acordo com a revista "Hollywood Reporter", nunca houve uma queda assim nas paradas."

Madonna anda brincando com forças que ela desconhece. Quando ela se portava como uma prostituta no início de sua carreira estava perdoada pela sua ignorância.  Mas agora após anos de estudo espiritual ela adquiriu muita responsabilidade e a está negligenciando. O mundo já está bastante problemático e uma pessoa com o poder de influência da Madonna deve contribuir para dissipar o caos do planeta e não piorá-lo.

Talvez o fracasso inédito que o seu MDNA está enfrentando já seja uma resposta do Universo aos seus abusos. Presta atenção, Madonna!   

0 comentários: